Contra o cibercrime IBM e Cisco se unem

Para combater as ameaças globais de cibercrime foi anunciado no começo mês de junho desse ano que a Cisco e a IBM vão trabalhar juntas colaborando com tecnologia, serviços integrados, compartilhando serviços, produtos e conhecimento.

Você também usuário sera beneficiado com esse suporte global de serviços da IBM às ofertas do MSSP(Managed Security Services) da Cisco e estabelece a relação entre as equipes de pesquisa de ambas as companhias, IBM X-Force e Cisco TALOS onde irão compartilhar os dados de estudos sobre ameaças e coordenar juntas o monitoramento de incidentes de segurança cibernética, a plataforma de seguranca da IBM QRadar vai ser responsável por proteger as organizações a através da rede, endpoints e nuvem estara integrada com a Cisco.

O grande objetivo da Cisco e integrar as ferramentas utilizadas pelos profissionais de segurança na redução de tempo de diagnostico e combater as ameaças automatizando esse processo com mais precisão e agilidade, segundo a pesquisa divulgada pela Cisco revela de que 65% das organizações usam entre 6 a 50 produto que não se integram, essa pesquisa foi feita com chefes de seguranca (CSO).

Acho que todos se lembram do WannaCry, a IBM e Cisco seguem trabalhando para analisar como o malware estava se espalhando e investigando para garantir mais informacoes para seus consumidores, sempre com foco em relatar problemas de segurança com os principais especialistas para os consumidores já associados ao Threat Intel da Cisco.

Basicamente a aplicação Cisco Threat Grid vai isolar e analisar possíveis ameaças, disponibilizando as informações no IBM Security App Exchange que ira aumentar as chances do usuário tomar uma ação contra a ameaça, ja a plataforma IBM Resilient Incident Response Platform(IRP) vai eliminar rapidamente as diferenças entre operações de segurança e as respostas a incidentes trabalhando com esse dois aplicativos.

“A abordagem arquitetônica da Cisco, quando combinada às plataformas de operação e remediação da IBM, trará ao mercado os serviços e produtos mais capacitados de segurança”, afirma David Ulevitch, Gerente Geral de Segurança da Cisco.

“A IBM há muito tempo se mostra disposta a colaborar com diferentes organizações em favor da cibersegurança. Com a Cisco se juntando ao nosso sistema imune de defesa, nossos consumidores expandirão imensamente o uso de tecnologias cognitivas, como o Watson. Além disso, ter a IBM X-Force trabalhando junto com a Cisco TALOS será uma grande vantagem para os profissionais de segurança que lutam contra o cibercrime”, explica Marc van Zadelhoff, Gerente Geral de Segurança na IBM.

 

Fonte: iPnews

 

Sobre a Webglobe
A Webglobe realiza a gestão da infraestrutura de tecnologia de empresas, alinhando a tecnologia com os negócios dos nossos clientes para gerar melhores resultados.

Nosso fluxo de trabalho é baseado em processos e nossa gestão é apoiada nas boas práticas de ITIL e COBIT, permitindo entregar serviços gerenciados de tecnologia com qualidade, segurança e previsão de investimentos.

Visite: webglobe.com.br>